segunda-feira, 26 outubro 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Internacional

Polícia da França prende 9 por assassinato de professor

Vítima foi decapitada porque mostrou a alunos caricatura de Maomé

17/10/2020 11:05:14

Nove pessoas estão presas na França por envolvimento no homicídio de um professor. Cinco prisões foram feitas entre o fim da noite de sexta-feira e a madrugada deste sábado (17). Segundo a polícia apurou, o professor foi decapitado porque mostrou mostrou caricaturas de Maomé a seus alunos. O crime foi em Conflans-Saint-Honorine, nos arredores de Paris, na sexta-feira.

Entre os presos estão dois pais de alunos do instituto onde o professor trabalhava. Eles discutiram com o educador por causa da exibição das caricaturas em sala de aula.  

Segundo fontes policiais, o professor foi decapitado por um jovem russo de origem chechena, de 18 anos. Os agentes tentaram prendê-lo, mas alegaram que ele estava muito agressivo e acabou morto durante a operação.

O presidente da França, Emmanuel Macron, visitou a pequena cidade, de 35 mil habitantes, considerou o episódio um “atentado terrorista islamista”.

- Um de nossos compatriotas foi assassinado porque ele ensinava seus alunos sobre liberdade expressão, liberdade de crer ou de não crer. Não é por acaso que foi um professor que esse terrorista matou. Porque ele queria matar a república nos seus valores, as luzes, a possibilidade de fazer nossas crianças cidadãs livres", disse Macron.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:31 Política