sábado, 25 junho 2022
Fale Conosco | (24)3343-5229

Política

Furtado é eleito 2º vice-presidente da Comissão dos Direitos da Mulher

Deputado diz que, como delegado, acompanhou impactos da violência contra mulheres

12/05/2022 19:10:10

O deputado federal Delegado Antonio Furtado (PSL-RJ) foi eleito 2º vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados, na reunião de eleição realizada na quarta-feira (11), em Brasília. O parlamentar afirmou que percebeu a importância de “fortalecer as lutas e discussões de pautas com foco nos direitos das mulheres durante os mais de dez anos atuando como delegado”, quando via “a violência explícita no corpo e na alma das vítimas”.

Furtado fez uma breve retrospectiva do seu mandato e classificou o ano de 2022 como um momento de crescimento e aprendizado, onde a sua atuação como parlamentar passou por uma ampliação, através da sua participação em várias frentes de trabalho voltadas para a conquista de melhorias coletivas.

“Queremos acertar e apresentar boas propostas para os brasileiros. O sentimento é de felicidade e motivação, pois as sementes plantadas lá atrás, em 2019, no início do mandato, estão frutificando e mudando a vida das pessoas. Estar aqui, ocupando essa posição, em uma comissão de extrema importância, me faz ter ainda mais esperança em um amanhã próspero, onde as mulheres receberão o cuidado e as oportunidades que merecem”, disse.

Durante o seu discurso de posse, Furtado agradeceu a presidente da Comissão, deputada Kátia Sastre, por acreditar que a sua experiência no combate à violência, adquirida como delegado, pode contribuir para a criação de políticas públicas de proteção e enfrentamento aos crimes contra as mulheres. Ainda em sua fala, o deputado citou uma frase de Michelle Bachelet, ex-presidente do Chile e, para ele, um exemplo de representatividade.

“Quando uma mulher entra para a política, muda a mulher. Quando várias mulheres entram para a política, muda a política. Eu quero dizer também que quando um homem se torna 2º vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, ele também quer mudar a política e ajudar que os projetos que as beneficiem possam, de fato, tramitar com mais rapidez e ajudá-las a viver mais felizes “, acrescentou. (Foto: Divulgação)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

12:31 Estado