domingo, 28 novembro 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cultura

Palácio Barão de Guapy expõe obras de Clécio Penedo

Artista radicado em Barra Mansa morreu em 2004

23/10/2021 17:59:57

Reformado, o Palácio Barão de Guapy, antiga sede da Câmara Municipal de Barra Mansa, está recebendo sua primeira exposição de arte. E o artista escolhido foi Clécio Penedo, o mineiro de Bom Jardim que chegou à cidade ainda criança, com os pais, e nunca mais saiu. O nome dele foi dado à galeria.

Aberta na noite da sexta-feira (22), com a presença do prefeito Rodrigo Drable e de parentes do artista, a exposição, na próxima semana, poderá ser visitada, na próxima semana (segunda a sexta), de 8 às 17 horas. Entretanto, a partir de novembro, estará aberta de segunda a sábado, também de 8 às 17h, mas, aos domingos, de 9 às 15h.

Entre as obras expostas, destaque para “És Tupi do Brasil”, “A Revolta da Chibata”, “Nominados”, “Geróticos”, “Corpo Sem Cabeça”, “Ensaio do Baralho”, além de “Re-tratos de Dom Pedro I e Dom João”, trabalhos que foram expostos na primeira Sala do Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), no Rio de Janeiro, entre outubro de 2019 e fevereiro de 2020.

A mostra conta com trabalhos produzidos por Clécio desde a década de 1970 até a sua morte. As imagens revelam contrapontos, ironias e satirizações do artista.

“Estamos fazendo justiça e reconhecendo a participação do Clécio Penedo na história da cidade. Ele, a pedido, do também já falecido médico obstetra, doutor José Carlos Faria, desenhou o Brasão cidade; também levou e elevou o nome de Barra Mansa, através das suas obras, para outros países, como França, Alemanha e o Japão. Este momento é muito importante para celebrarmos a utilização funcional de mais um equipamento cultural pela sociedade. É uma galeria simples, singela, mas é nossa”, afirmou Rodrigo Drable.

O presidente da Fundação Cultura de Barra Mansa, Marcelo Bravo, lembrou que as obras de Clécio Penedo são referências em várias partes do mundo. “A cidade de Barra Mansa sempre reconheceu a contribuição do artista para a arte, sendo ele, a maior expressão do desenho brasileiro da década de 1990. Nos orgulhamos do seu legado. Prova disso é que sua memória é honrada com seu nome em diversas homenagens, como a medalha de Mérito Cultural da Câmara de Vereadores, uma escola municipal e agora a galeria de arte pública no prédio mais importante de Barra Mansa, o Palácio Barão de Guapy”.

Para Antonieta Penedo, que foi casada com Clécio, a iniciativa de colocar o nome do artista na nova galeria, foi uma sensação indescritível. “Barra Mansa, na pessoa do prefeito Rodrigo Drable e do presidente da fundação, Marcelo Bravo, ao fazerem o convite, proporcionaram para minha família um reconhecimento que há muito tempo esperávamos. Sem dúvida ficamos agradecidos e temos a certeza de que, muitos artistas renomados virão abrilhantar esse espaço em nível de cidade grande”, afirmou Antonieta.

A filha do artista, Ângela Millen Penedo Vitorino, considera a iniciativa “a concretização de um esforço coletivo e familiar para manter o trabalho de Clécio Penedo vivo e eternizado por gerações”. (Foto: Chico de Assis)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

11:10 Cidades

close