quarta-feira, 19 janeiro 2022
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Volta Redonda reorganiza centros de atendimento para Covid-19

06/10/2021 15:32:08

A Secretaria de Saúde (SMS) de Volta Redonda está reorganizando os centros de atendimento a pacientes infectados pelo novo coronavírus. A iniciativa é resultado da queda de internações em razão do avanço da vacinação contra a Covid-19.

Esta reorganização foi iniciada pelos leitos do Hospital Municipal Dr. Munir Rafful (Hospital do Retiro), referência no atendimento à doença na cidade. Os leitos foram remanejados para a clínica médica e UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) para atendimento a outros pacientes. A mudança proporciona, segundo a secretaria, a otimização de recursos e ampliação da assistência às cirurgias eletivas e outras intervenções de média e baixa complexidade.

Os leitos, que inicialmente estavam todos sendo usados para pacientes com Covid, já estão sendo ocupados por pessoas que passaram por cirurgias eletivas. A disposição dos leitos poderá ser revertida, caso seja necessário, diz a secretaria.

De acordo com a diretora-geral do Hospital do Retiro, Márcia Cury, dos leitos dedicados à Covid cinco continuam em atendimento para doença. Outros 29 foram remanejados para o setor de clínica médica geral e cirúrgica devido à volta das cirurgias eletivas na rede pública.

A diretora explicou que nos últimos dois meses a taxa de ocupação de leitos por Covid se estabilizou. Atualmente, dos cinco leitos isolados para a doença, apenas dois pacientes estão ocupando a ala. Márcia afirmou que a queda da ocupação hospitalar é reflexo do avanço da vacinação. “Atualmente, estamos nos dedicando aos atendimentos de cirurgias eletivas e outros atendimentos de pequena e média complexidade. Os atendimentos de alta complexidade estão sendo feitos no Hospital São João Batista”, disse a diretora.

Segundo a Vigilância em Saúde de Volta Redonda nesta semana do total de 1.993 internações por Covid na rede pública (SUS) e privada neste ano (2021), 82,2% foram de pessoas não vacinadas. Entre julho e setembro de 2021, quando mais de 90% da população de Volta Redonda já tinha pelo menos uma dose aplicada, 37% das pessoas internadas não tinham recebido nenhuma dose de vacina.

FINS DE SEMANA – De acordo com a Secretaria de Saúde, as unidades de pronto atendimento continuarão com o serviço de acolhimento 24 horas – aos sábados, domingos e feriados – aos casos suspeitos e confirmados da Covid-19 nos seguintes locais: Hospital São João Batista, Hospital do Retiro, Hospital Dr. Nelson Gonçalves (antigo Cais Aterrado), UPA Santo Agostinho e o Serviço de Pronto Atendimento (Cais Conforto).

Todas os 46 postos de saúde da cidade continuam disponíveis para acolhimento de pacientes Covid durante a semana, de segunda a sexta-feira, de 8 às 16h. Com horário estendido funcionam os postos dos bairros 249, São João, Vila Mury e Volta Grande: de 7 às 22h. Em todas essas unidades são oferecidos, gratuitamente, exames para diagnóstico da Covid-19.

Os atendimentos Covid foram redirecionados nos finais de semana também em decorrência da queda de 90% dos atendimentos no mês de setembro nas unidades de saúde. (Foto: Arquivo / Divulgação)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

09:58 Polícia